domingo, 14 de novembro de 2010

Meus pés, 2 pares de sapatilhas de ponta e algumas lições.

O corpo muda quando fazemos uma atividade física por muito tempo.
Muda e muda muito, muda calado, aos poucos, sem avisar.
Músculos mais tônicos, aumento da panturrilha, abdomen sequinho, mais apoio e espaço interno etc. Nesses anos todos porém uma das partes que mais mudou em mim foram meus pés, tanto no formato quanto no tamanho.


Essa foto acima é atual mas pasmem, lembro agora que minha primeira ponta foi número 4 (equivalente a um calçado 35 e 1/2), está absurdamente velha e eu guardo de recordação. Sou muito adaptável para pontas, já usei diversas marcas e tipos, e mesmo tendo minhas preferências de acordo com minha experiência e tipo/formato do meu pé gosto dessa sensação de autonomia: subo em qualquer sapatilha, pois quem faz o trabalho de subir é o pé e não o acessório, ele só ajuda.
E o tempo foi passando e misteriosamente meus sapatos foram ficando apertados e alguns hoje estão impossíveis de calçar, na largura e no comprimento. Tanto foi que eu tinha 2 pares de sapatilhas de ponta guardadas, novinhas, na caixa. Peguei para provar e constatei que também estão impossíveis de calçar... concluí, meu pé cresceu, e não foi pouco, foi 1 número inteiro. Tentei trocar na loja mas já não tenho a nota fiscal então só me resta vender...

Por isso aqui estou anunciando ambas:

• Sapatilha de ponta Só Dança:
modelo Toshie, palmilha normal, tamanho 5 e 1/2, largura D, cor salmão, c/ fitas e elástico já costuradas. (na foto à esq.)

• Sapatilha de ponta Só Dança: modelo Pas D'Action, palmilha normal, tamanho 5 e 1/2, largura D, cor rosa, c/ fitas e elásticos originais. (na foto à dir.)

Se alguém se interessar ou souber de alguém que gostaria, por favor entre em contato!

Moral da história
Essas coisas fazem parte do processo de quem dança, é assim mesmo, uma longa descoberta do corpo, do que é bom pra cada um e depois tudo muda, e daí temos que mudar também. Por isso é comum que as bailarinas tenham diversos modelos de sapatilha de ponta, às vezes de várias marcas.
Quando estava dançando (ensaiando ou fazendo aulas) mantinha sempre um par extra de reserva, coisa de praxe. Então não adianta pensar que sapatilha de ponta é um par pra usar pela vida inteira, isso não existe. Ela é gasta com o uso e é necessário, faz parte e é normal comprar vários pares durante sua permanência no ballet.
Pra ter idéia as bailarinas profissionais, de grandes companhias, que se apresentam diariamente, gastam 1 par por dia de trabalho, isso mesmo! Já as bailarinas em fase de formação (estudo) usam em média 1 par de sapatilha de pontas a cada 6 meses, e daí tem que trocar.

Se isso acontecer a você leitor(a)
Não pense que jogou dinheiro fora, dependendo do caso ou se a compra for feita errada deve-se tenatar primeiramente trocar, claro, se estiver na embalagem original, com notal fiscal, sem sujeira no cetim, acessórios completos e prazo de troca respeitado.
Dependendo do caso, como por exemplo dureza da palmilha, tente guardá-la para um uso futuro, quando os pés, tornozelos e pernas estarão mais fortalecidos para conseguir usá-la.
Se não tiver jeito mesmo tente trocar com alguma amiga bailarina que também pode ter comprado algum par errado, quem sabe? ou ainda vender da sua escola.

Acho sapatilha de ponta um tema bem vasto, então, continuarei no próximo post.

9 comentários:

  1. Com certeza!! Tudo muda quando a gente faz ballet, por dentro e por fora...
    Experimentando novos modelos de pontas a gente ve que um pode ser melhor ou pior que o anterir que costumavamos usar..isso aconteceu comigo também.
    Sapatilhas lindas Aninha!! Sou gamada na Toshie!

    ResponderExcluir
  2. Sensacional esse post! Vou colocar o link no Dos passos, quem sabe alguma bailarina quer comprar a sapatilha, além de ler o post. =) Ô saudade de dançar, gente. Ano que vem, me aguarde, querida. Me aguarde!

    Beijos.

    ResponderExcluir
  3. Cá, esse post é do tipo 2 em 1! rssss
    Eu tb quero voltar a dançar!!! quem sabe ano q vem né?!... BJO!!

    ResponderExcluir
  4. oi, ameeeei o blog, muito interessante e criativo, vai no meu tb, por favor é novo e preciso muuito saber o q vc acha dele: http://thisisballet.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  5. Ola
    Vc ainda tem as sapatilhas?
    Me interessei é o meu numero! :)
    me passe informações no meu e-mail priscila.carnelos@gmail.com

    Grata

    ResponderExcluir
  6. ola ana por acaso vc saberia me ensinar a costurar as biqueiras de minhas sapatilhas pois o cetim desfia e elas se abrem toda dificultando meu trabalho, e se vc souber de algum link de video ensinando a fazer lhe agradeço. Bjos Cecília.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Geralmente são coladas com cola de sapateiro.

      Excluir
  7. ola, me enteressei pela sapatilha, ainda tem?

    ResponderExcluir

Obrigado por deixar seu comentário!